Ir direto para menu de acessibilidade.
Brasil – Governo Federal | Acesso à informação
Página inicial > Últimas Notícias > MENSAGEM DE NATAL – PROEN 2017
Início do conteúdo da página
Últimas notícias

MENSAGEM DE NATAL – PROEN 2017

  • Publicado: Sexta, 22 de Dezembro de 2017, 12h09
  • Última atualização em Sexta, 09 de Fevereiro de 2018, 13h52

A festa do Natal, como a entende o cristianismo, é a celebração de um improvável e misterioso acontecimento: Deus que se encarna, ou seja, que assume a natureza humana para elevá-la a condição divina.

A grande pretensão do cristianismo é o anúncio de um Deus que se rebaixa ao se tornar homem. Mas por que Deus se rebaixa? Para responder, talvez ajude a imagem de um pai ou uma mãe que procura se comunicar com seu bebezinho fazendo caretinhas e emitindo sons infantilizados sem o menor receio de ver a si mesmo ou ser visto como ridículo. Só o Amor é capaz de nos rebaixar diante quem amamos sem nos importarmos com o que outros vão pensar. Quem já se apaixonou na vida, sabe bem do que estou falando.

Portanto, não há outro motivo mais razoável para que Deus tenha se rebaixado à condição humana, senão o Amor apaixonado pela obra prima da sua criação: cada um de nós.

Tendo-nos criado para o Amor e a Felicidade e vendo-nos muitas vezes necessitados de ajuda para alcançar tal Destino, Deus mesmo veio habitar entre nós a fim de nos revelar o Amor e mostrar o caminho para a Felicidade plena. Jesus é Deus conosco, uma presença, uma companhia que se oferece para nos auxiliar na estrada da vida.

Celebrar o Natal, então, é acolher esse Companheiro e dá-lhe abrigo em nossas vidas para experimentar o que significa ser amado e transbordar esse amor, sendo uma companhia presente para quem necessita, seja qual for a necessidade. Celebrar o Natal é ter a certeza de que não estamos sozinhos e não fomos abandonados a nossa própria sorte.

Pensando na PROEN, acredito que 2017 foi um ano muito enriquecedor. Não quero fazer aqui um balanço ou relatório de atividades, mas falar de questões humanas. A PROEN recebeu muitos servidores novos, inclusive alguns vindo de longe. Quanta apreensão... tanto para quem aguardava a chegada dos novos companheiros e mais ainda para quem chegava, certamente cheio de perguntas.

A todos foi necessária uma nova abertura para acolher e ser acolhido, ajudar e ser ajudado, ceder e ganhar espaço, ensinar e aprender, amar e ser amado. Sim, podemos (e devemos) falar de amor no trabalho. Por que não? O amor deve permear toda a nossa existência e nosso ambiente de trabalho pode ser mais aconchegante que a estrebaria de Belém. Isso depende de nós.

O Natal é celebrado uma vez por ano, mas deve ser vivido a cada dia. Acredito que em 2017, a PROEN foi desafiada a viver um Natal a cada dia e cada um de nós pode olhar para sua própria experiência e verificá-la. Tenho certeza de que ninguém se sente sozinho aqui na PROEN e isso é um sinal de que o Natal permanece.

Porém, a PROEN não vive em função de si mesma. Ninguém vive em função de si mesmo, caso contrário, morre isolado. Portanto, tudo o que se vive aqui dentro, pelas atribuições que a PROEN tem no contexto institucional, transborda e alcança a vida de milhares de outras pessoas, servidores e, especialmente, alunos que ingressam no IFPA cheios de sonhos e desejos, cuja realização, em certa medida, depende do nosso trabalho.

O Natal também pode nos ajudar a ter mais consciência do sentido do trabalho para a nossa vida e a vida de tantas pessoas, muitas das quais jamais conheceremos pessoalmente. Por isso, quando analisamos PPCs, expedimos diplomas, elaboramos e revisamos editais, participamos de reuniões, discutimos políticas e diretrizes, fazemos relatórios, criamos material didático, desenvolvemos e alimentamos sistemas etc., na verdade, são vidas que estão em jogo, são sonhos que podem ou não se realizar.

Cada uma dessas atividades deveria ser realizada tendo presente o rosto de cada pessoa que será impactada por ela. Isso não é óbvio, automático nem muito menos fácil. Então, precisamos da companhia uns dos outros para termos isso sempre diante dos olhos no que fazemos cotidianamente mantendo o Natal sempre presente em nossos pensamentos e atitudes.

Longe de ser um discurso sentimentalista ou moralista, penso em todas essas palavras como uma ajuda para nosso trabalho na PROEN e para nossa própria vida como um todo.

Gostaria de finalizar com algumas palavras do Papa Francisco, pronunciadas num Ted Talk realizada esse ano:

 “O poder maior e mais forte torna-se um serviço e é uma força para o bem. O futuro da humanidade não está exclusivamente na mão dos políticos, dos grandes líderes, ou das grandes empresas. Sim, eles possuem enorme responsabilidade. Porém, o futuro está, acima de tudo, nas mãos daquelas pessoas que reconhecem o próximo como um ‘você’ e a si mesmas como parte de um ‘nós’. Nós precisamos uns dos outros.”

(Papa Francisco, TED Talk, 2017)

Acreditando que, como equipe, entendemos e praticamos esse olhar o outro como um “você que tem um rosto”, temos razões de sobra para ter esperança de realizar um ótimo trabalho em 2018 e vencer os desafios que se apresentarão.

Assim como Jesus aconteceu no Natal, sejamos acontecimentos vivos para quem encontramos em nosso caminho!

Um abençoado Natal e um feliz Ano Novo a todos!

 

registrado em:
Fim do conteúdo da página